Minicursos

Chamada de Trabalhos

Os minicursos são eventos de curta duração sobre um tópico de pesquisa ou tecnologia atual e/ou inovador(a), relacionado(a) à área de IHC, que possibilite ao participante aprender um novo assunto vinculado à sua área de atuação e/ou extrair elementos para serem aplicados em sua pesquisa e/ou prática. O público-alvo dos minicursos envolve estudantes de graduação, de pós-graduação, profissionais da área, pesquisadores e professores, com limite máximo de 30 participantes. Os participantes poderão se inscrever nos minicursos isoladamente, sem a necessidade de participar do simpósio como um todo.

Os minicursos devem ter a duração de 3 (três) ou 6 (seis) horas e podem ser apresentados em português ou inglês. A realização do minicurso ficará condicionada à inscrição de, no mínimo, 10 participantes ou à análise por parte da organização do evento quanto à viabilidade de sua realização com um grupo menor de inscritos.

Submissão e seleção das propostas

As propostas devem se limitar a duas páginas, em português ou inglês, utilizando o ACM Primary Article Template. Usuários do MS Word devem usar o template Interim layout.docx e usuários LaTex devem seguir o template Latex versão 1.83. As submissões devem, obrigatoriamente, conter as seguintes seções:

  1. Título, autores(as) e filiação (a submissão de minicursos não deve ser anônima);
  2. Indicação se se trata de minicurso teórico, prático ou teórico-prático;
  3. Justificativa (síntese da importância da temática em questão);
  4. Sumário estendido (explicação resumida do que será coberto em cada tópico);
  5. Público-alvo (especificar o público-alvo, delimitar o número máximo de participantes e sinalizar por que o minicurso proposto deve atrair a atenção desse público. Caso existam pré-requisitos, explicitar e justificar os mesmos);
  6. Biografia dos(as) autores(as) (apresentar cada autor(a) brevemente);
  7. Duração do minicurso (3 ou 6 horas);
  8. Idioma em que será ministrado (português ou inglês);
  9. Infraestrutura e materiais necessários e desejáveis (tais como post-its, flipcharts, projetores, etc.);
  10. Referências bibliográficas.

Os autores devem ficar atentos ao formato das referências, de acordo com o template requerido. As propostas de minicurso devem ser submetidas eletronicamente, em formato PDF, por meio do sistema JEMS.

As submissões serão revisadas e avaliadas por no mínimo 2 (dois) pesquisadores da comunidade de IHC, com o objetivo de analisar a interseção da proposta de minicurso com temas ligados à área e que sejam de interesse da comunidade.

Minicursos selecionados

Os autores dos minicursos selecionados deverão enviar como versão final um resumo de duas páginas, seguindo o mesmo template, para publicação nos Anais Estendidos do IHC 2022. Além disso, os autores devem disponibilizar recursos de apoio, como notas ou slides de curso, substanciais e autocontidos, acompanhados de uma bibliografia, aos participantes do evento, para aprofundamento dos tópicos abordados no curso.

Opcionalmente, caso tenham interesse, os autores poderão submeter um recurso de apoio no formato de capítulo de livro, seguindo o template da SBC e com no mínimo 20 páginas. Se houver a submissão de 2 (dois) ou mais capítulos, estes serão publicados como parte de um livro de minicursos na SBC OpenLib.

Os(as) autores(as) deverão autorizar a publicação do resumo e das notas do minicurso no website do evento.

Um(a) apresentador(a) de cada minicurso ganhará a inscrição gratuita no evento. Outros tipos de auxílio serão avaliados pela Comissão Organizadora do evento e dependerão da disponibilidade de recursos.

Comitê de Programa

Em breve

Coordenação

José Viterbo Filho (UFF) – viterbo@ic.uff.br
Vinicius Carvalho Pereira (UFMT) – vinicius.pereira@ufmt.br

Datas importantes

Prazo de submissão de propostas: 14/07/22
Notificação dos resultados: 09/08/22
Envio da versão final: 16/08/22
Disponibilização dos materiais do minicurso: 23/09/22

Conteúdo dessa página

SESSÃO TÉCNICA

Acessibilidade

  1. Developing a Set of Design Patterns Specific for the Design of User Interfaces for Autistic Users
    Dayanne Gomes (UFMA), Nathasha Pinto (UFMA), Aurea Melo (UEA), Ivana Márcia Maia (IFMA), Anselmo Cardoso de Paiva (UFMA), Raimundo Barreto (UFAM), Davi Viana (UFMA), Luis Rivero (UFMA)
  2. Flying colors: Using color blindness simulations in the development of accessible mobile games
    Mateus Carneiro (UFC), Windson Viana (UFC), Rossana Andrade (UFC), Ticianne Darin (UFC)
  3. Image Descriptions’ Limitations for People with Visual Impairments: Where Are We and Where Are We Going?
    Alessandra Jandrey (PUC-RS), Duncan Ruiz (PUC-RS), Milene Silveira (PUC-RS)
  4. Making Design of Experiments (DOE) accessible for everyone: Prototype design and evaluation
    Fabiani de Souza (CPQD), Gabriela Vechini (UNICAMP), Graziella Bonadia (CPQD)
  5. The Windows 10’s Color Filter Feature as an Aid for Color Blind People in the Use of Websites
    Isa Maria de Paiva (UNIRIO), Sean Siqueira (UNIRIO), Simone Bacellar Leal Ferreira (UNIRIO)
  6. When just Ok, is not Ok – An Experimental Study through Sequential Chronological Cuts, with Prescriptive and Semantic Analyzes on the Dynamic Translation by VLibras Avatar
    André Silva (UNIRIO), Tatiane Militão de Sá (UFF), Ruan Diniz (PUC Campinas), Simone Bacellar Leal Ferreira (UNIRIO), Sean Siqueira (UNIRIO), Saulo Cabral Bourguignon (UFF)
  7. Evaluation of Assistive Technologies from the perspective of Usability, User Experience and Accessibility: a Systematic Mapping Study
    Tatiany Xavier de Godoi (UFPR), Guilherme Guerino (UEM), Natasha Valentim (UFPR)