XX Simpósio Brasileiro sobre Fatores Humanos em Sistemas Computacionais

de 18 a 22 de Outubro de 2021

Vai apresentar no
IHC 2021?

Devido ao formato virtual do IHC 2021, a capacidade dos participantes de entender as apresentações usando apenas a visão ou o áudio agora é um requisito. Por isso, as apresentações de artigos durante o evento serão feitas por meio de vídeos pré-gravados legendados, mas as discussões serão síncronas. A página Recursos e Acessibilidade apresenta recursos úteis para a preparação das apresentações, incluindo modelos para os slides, para a gravação e legendagem dos vídeos, além de tutoriais.

O Simpósio Brasileiro sobre Fatores Humanos em Sistemas Computacionais (IHC) é realizado pela Comissão Especial de IHC da Sociedade Brasileira de Computação (SBC), é um evento itinerante, a cada ano acontece em uma cidade do Brasil, para, dessa forma, atingir todas as regiões e possibilitar uma ampla participação da comunidade. Principal evento na área de Interação Humano-Computador no Brasil, o IHC reúne anualmente profissionais da indústria, professores, pesquisadores e estudantes interessados em investigação científica e prática relacionadas à criação, construção e avaliação de soluções computacionais para uso pelas pessoas.

Sabiá-laranjeira

Escolhemos a ave símbolo nacional, para ser incorporada como mascote ao tema do evento.
A vigésima edição do Simpósio Brasileiro sobre Fatores Humanos em Sistemas Computacionais ocorrerá de forma completamente remota em 2021, devido à pandemia do COVID-19. Com cada participante @home, propomos uma “organização local” sediada no Brasil como um todo, ao invés de em uma cidade específica. Dessa forma, podemos celebrar ainda mais a diversidade na pesquisa e cultura que, ao longo dos anos, construiu no Brasil uma comunidade de IHC sólida, multifacetada e plural. Assim como a população no nosso país, a comunidade de IHC brasileira é composta por diferentes cores, sotaques e costumes – uma riqueza de fatores humanos que reflete na diversidade das nossas pesquisas. Propomos, assim, o seguinte tema:

O tema evoca não somente a interação entre a comunidade no evento, apesar do distanciamento geográfico, mas também a pesquisa na área de IHC realizada em torno de todo o país, a qual aponta para a diversidade cultural decorrente da grande extensão territorial e das características de cada região do Brasil.

Tradicionalmente, o IHC tem sido um importante fórum de debate crítico não só em torno de ideias inovadoras e soluções computacionais práticas para problemas cotidianos, mas também sobre a responsabilidade ética e moral daqueles que estão envolvidos no design de tecnologias, a formação profissional em Computação e Tecnologia da Informação e Comunicação, e sobre a sociedade que queremos mediada por tecnologias que projetamos.

O Simpósio Brasileiro sobre Fatores Humanos em Sistemas Computacionais (IHC) é o principal evento científico da área de Interação Humano-Computador no Brasil. O IHC tem sido bem-sucedido na missão de divulgar resultados de pesquisa, atraindo pesquisadores, professores, estudantes e profissionais da indústria envolvidos na área de Interação Humano-Computador. A integração de diferentes perfis, resultantes da interdisciplinaridade inerente à Interação Humano-Computador, resulta em um ambiente vibrante para troca de ideias sobre trabalhos em andamento e propício para o surgimento de parcerias, projetos, orientações, contatos profissionais, entre outros. O evento é promovido pela Sociedade Brasileira de Computação (SBC), através da Comissão Especial de Interação Humano-Computador (CEIHC).

A primeira edição do IHC ocorreu na cidade de Maringá em 1998, como Workshop do Simpósio Brasileiro de Engenharia de Software, e desde então vem difundindo a pesquisa em IHC de norte a sul do país. Em 2000 o encontro ganhou autonomia e passou a integrar a série de “Simpósios Brasileiros” da SBC. Entre 2002 e 2010, o IHC foi realizado a cada dois anos, em alternância com a Conferência Latino Americana de IHC (CLIHC). A decisão de mudança de periodicidade em 2002 visava permitir que a comunidade brasileira em formação, naquela época, tivesse prazos mais longos para realizar pesquisas empíricas com usuários e apresentar resultados mais consolidados a cada edição do simpósio.

O crescimento da comunidade, no entanto, foi muito acentuado, quantitativa e qualitativamente, de modo que, em 2010, a assembleia da CEIHC, reunida durante o IX Simpósio Brasileiro sobre Fatores Humanos em Sistemas Computacionais, optou por retomar a periodicidade anual do evento. Assim, em 2011, ainda em conjunto com o CLIHC, o evento foi realizado em Porto de Galinhas – PE e, desde então, vem se consolidando, com um número significativo de participantes a cada ano. Mais informações sobre as edições anteriores podem ser encontradas na página da CEIHC.